fbpx
De volta ao topo

Mulheres EUgências

Ano passado, no início da pandemia, criei um grupo no Facebook intitulado “Mulheres EUgências” para orientar mulheres que trabalham com marketing / comunicação e que sentem dificuldades na gestão dos seus negócios. Hoje no grupo “Mulheres EUgências” somos 5.700 mulheres, de diversos lugares do Brasil, que compartilham informações e relatos sobre o dia a dia no mercado.

 

O que é uma EUgência?

 

-> Para mim, “EUgência” é alguém especialista na área do marketing / comunicação que se vê como uma “empresa”, porém com um modelo de negócios enxuto.

Muitas vezes esse negócio possui apenas o especialista como “funcionário” ou envolve poucas pessoas para apoiar o seu processo de entrega final – sejam parceiros, freelas, estagiários ou funcionários fixos. Desta forma, uma “EUgência” é um empreendedor criativo que deve “saber de tudo um pouco” para conseguir se estabelecer no mercado: Estratégias de Finanças, para saber gerenciar o seu negócio e cobrar os seus clientes, Relacionamento e Marketing para saber gerenciar equipes, parceiros e clientes, além, é claro, de know-how macro e micro em Marketing e Comunicação. 

 

-> Ser uma EUgência não é ser um profissional que apenas faz “uma entrega” ou “execução”, mas alguém que tem em mente que cada trabalho / projeto tem consequências para o seu negócio a longo prazo.

E por mais óbvio que isso possa parecer, na prática, as pessoas não agem assim. Na minha trajetória, infelizmente, encontrei poucos profissionais com esse mindset. No geral há um número grande de reclamações, seja de fornecedores, parceiros ou clientes, da falta de comprometimento dos colegas de marketing. Por isso, não é atoa o sucesso de alguns. Quando encontramos um bom fornecedor, um bom designer / webdesigner / estrategista, que se preocupa com o cliente e com o trabalho, com a experiência e atendimento, a tendência é mantermos esse relacionamento por anos.

E aqui deixo registrado: essa “imagem” vem antes de contratarmos uma “EUgência”. Por um simples e-mail ou abordagem, ou mesmo um posicionamento em uma rede social, eu consigo observar traços de comportamentos que me ajudam a identificar um bom profissional. Sem contar, é claro, das boas indicações.

 

EUgências, novos entrantes e um novo mercado

 

O mercado de EUgências cresceu durante a pandemia. Uma pesquisa da Rock Content realizado em 2020 relata que 26% das agências digitais se definem como “EUgências”. Eu atribuo à essa nova configuração à 2 motivos:

 

#1 Necessidades dos novos entrantes: o “boom” das redes sociais acelerou a transformação digital em diversos negócios, principalmente nas pequenas empresas. Há ainda um número significativo de profissionais autônomos (advogados, profissionais da saúde, consultores, arquitetos) que não possuem conhecimentos em marketing digital e demandam profissionais que os apoiem.

 

#2 Desemprego: uma das consequências negativas trazidas pela pandemia foi o alto índice de desemprego. Muitas pessoas viram na internet uma alternativa de criar novos negócios e se estabelecer como especialistas em marketing digital. Em uma pesquisa feita com as mulheres do grupo, por exemplo, identifiquei que boa parte atua no mercado há menos de 3 anos e não possui formação em Marketing e Comunicação.

 

Há, portanto, um novo mercado se formando, e novas necessidades em termos de educação e capacitação para que esses novos profissionais consigam se estabelecer no mercado.

 

#mulhereseugencias #eugencias #empreendedorismo #criativas #mulherescriativas #empreendedorismofeminino #comunidades #marketing #marketingdigital

 


Texto escrito por @nicolesimonato

Para informações sobre assessoria para EUgências, envie um e-mail para atendimento@nicolesimonato.com.br. Se preferir entre com contato pelo WhatsApp +55 11 96281-4680. 


 

Imagem é das Guerrila Girls, um grupo ativista de mulheres criativas. 

Leave a comment:

Follow me
Search